14 de mai de 2009

Aula 11 – Teoria Geral da Administração (TGA): A influência dos economistas liberais, Karl Marx e o materialismo histórico

Nesta aula vamos falar sobre Karl Marx. Ele foi um dos caras que mais ajudou a melhorar o capitalismo apesar de sua intenção inicial não ter sido essa. Ele mostrou a questão do desequilíbrio que a livre concorrência trouxe ao sistema e a tendência a inevitável acumulação de capital (materialismo histórico) e como isso iria gerar o principio da destruição do sistema (a luta de classes).
Os ingleses (os maiores liberais do mundo) entenderam o recado de Karl Marx e tomaram as medidas necessárias para estancar a sangria. Vamos entender como Karl Marx via a economia nascente e como ele realmente entendeu as reformas propostas por Adam Smith. Você certamente vai ter uma outra visão do processo! Só para saber: a maior biblioteca sobre economia marxista (Karl Marx) é do maior neoliberal do país: Delfim Neto! rs
<
Aula, curso, palestra, mp3, economia, administração. Todas as aulas de Teoria Geral da Administração estão neste link:


Administração, aula mp3, palestra tga, teoria geral da administração, curso, áudio, resumo, resenha, conceito, aulas, particulares, debate, podcast, mp3, baixar, faculdade, universidade, grupo, estudos


Acesse todas as aulas no meu site

http://www.ubiratangeo.com/



Aula 22 – Para onde vai a TGA? – Capítulo 19 – em busca da competitividade



Aula 20 – Abordagem Contingencial da Administração: em busca da flexibilidade e da agilidade




















-->

2 comentários:

  1. Marx han inspirado a numerosas organizaciones políticas comprometidas en superar el capitalismo. Por una parte, habría que señalar la interpretación que han realizado los leninistas, partidarios de que una vanguardia del proletariado, organizada en un partido revolucionario, preparado, si es necesario, para trabajar en la clandestinidad, empuje a la clase obrera a hacerse con el poder mediante la fuerza insurreccional de masas, para así derrocar a sus antiguas clases opresoras y dominantes, la burguesía y la aristocracia, expropiándolas de su control sobre el aparato de Estado y los medios de producción, y procediendo a la construcción de un Estado obrero que, además de instituir a aquélla como clase dominante, le permita avanzar hacia el socialismo

    ResponderExcluir
  2. E realmente a crítica de Marx ao capitalismo foi profunda, intensa e transformadora. Enquanto o pessoal de esquerda entendeu somente a crítica política em relação ao sistema buscando alterar apenas o escopo estatal os capitalistas liberais a tomaram principalmente sua vertente econômica e introduziram uma série de transformações estruturais no sistema que o permitiu ter uma sobrevida significativa o que acabou por evitar sua destruição. Karl Marx era um excelente economista e pensador estrutural, mas muito vem apenas como um panfleteiro de esquina. Devemos ter uma visão mais objetiva sobre ele!

    Tradução da pergunta: Marx inspirou numerosas organizações políticos comprometidos com a superação do capitalismo. Por um lado, a interpretação deve-se notar que eles têm feito os leninistas, que acreditam que a vanguarda do proletariado, organizado em um partido revolucionário, preparado, se necessário, para trabalhos subterrâneos, empurre a classe trabalhadora a ganhar poder através de insurreição em massa da força para derrubar os seus antigos e classes opressora e dominante, a burguesia ea aristocracia, despojados de seu controle sobre o aparato estatal e dos meios de produção eo processo de construção de um trabalhador do Estado que bem como instituir uma antiga classe dominante, podemos avançar para o socialismo

    ResponderExcluir

Acesse meu site e tenha acesso a todos os áudios: www.ubiratangeo.com