23 de jun de 2010

Podcast Palestra mp3 - 3 – Entendendo os novos consumidores: da carência material para a carência afetiva



Às vezes olhamos para o mundo e achamos
que ele esta de ponta cabeça! Tudo que era antes não é mais! Tudo que era sólido desmancha no ar? (Frase de Marshall Berman ou de Karl Marx??rs). Nem sempre! Mas, o fato é que o mundo mudou de tal form
a que hoje quem tem 35 anos (como eu) acha que tem 70! Começamos a usar frases como “na minha época” com muita freqüência e isso não era para ser assim...


Somos parte desta geração, mas os valores mudaram tanto que parece que temos mais identificação com a geração da II Guerra Mundial do que com o pessoal da Guerra do Iraque! Mas, essas mudanças não são apenas sociais (como diria o velho Peter Drucker), mas também acabam por gerar impactos na economia (principalmente no varejo). Veja como David Lewis aborda de maneira brilhante esse novo aspecto do consumo em seu livro “A Alma do Novo Consumidor” (mp3 – palestra):



“Uma força significativa que impulsionou o consumo foi o desejo de ascender socialmente pela aquisição de bens materiais como um carro novo, uma televisão, freezer e móveis que identificam o indivíduo como membro da classe média. Hoje, em sua maioria, os consumidores já esgotaram, em grande parte, os artigos que precisam adquirir e estão focalizando o que querem comprar, ou seja, buscam oportunidades e experiências que, segundo eles, lhes proporcionem uma vida mais feliz, mais rica e recompensadora. Na Nova Economia, as empresas com maior probabilidade de sucesso são aquelas que tornam mais simples e mais vantajoso, para os novos consumidores, esse investimento de tempo, atenção e dinheiro".



O novo consumidor procura não somente um produto, mas procura uma experiência de compra! O valor de uso (usar uma coisa para fazer outra) passou a dar lugar ao valor de sentir (sensação de felicidade – uso e sensação)! Passamos de um consumo de escassez material para um consumo de escassez afetiva! De um consumidor ávido por novas mercadorias para um consumidor ávido por novos produtos (um produto é uma mercadoria carregada de afetividades como diria Drucker). Vamos falar mais sobre isso no podcast!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acesse meu site e tenha acesso a todos os áudios: www.ubiratangeo.com