7 de mar de 2013

Podcast 02 EDU Março – Pai Brilhantes Professores fascinantes: o vazio produzido pela falta de afetividade familiar


Podcast 02 EDU Março – Pai Brilhantes Professores fascinantes: o vazio produzido pela falta de afetividade familiar

Cada vez mais temos pessoas mais “instruídas” e cada vez mais temos pessoas “menos sabias” (para não radicalizar no termo). Nossos filhos tem muito mais conteúdo acumulado hoje do que tínhamos a 20 anos atrás, mas de forma radicalmente incrível eles tem um terço da capacidade de expressão que tínhamos a 20 anos atrás. Sabem muito sobre as coisas, mas muito pouco sobre si mesmo. E por que isso? Porque falta relacionamento na vida deles. Falta convívio verdadeiro, faltam conflitos verdadeiros, faltam cuidados verdadeiros.

Vamos ao trecho de hoje do livro Pai Brilhantes Professores Fascinantes

Os jovens conhecem cada vez mais o mundo em que estão, mas quase nada sobre
o mundo que são. No máximo conhecem a sala de visitas da sua própria
personalidade. Quer pior solidão do que esta? O ser humano é um estranho para si
mesmo! A educação tornou-se seca, fria e sem tempero emocional. Os jovens
raramente sabem pedir perdão, reconhecer seus limites, se colocar no lugar dos
outros. Qual é o resultado?

Nunca o conhecimento médico e psiquiátrico foi tão grande, e nunca as pessoas
tiveram tantos transtornos emocionais e tantas doenças psicossomáticas. A
depressão raramente atingia as crianças. Hoje há muitas crianças deprimidas e sem
encanto pela vida. Pré-adolescentes e adolescentes estão desenvolvendo obsessão,
síndrome do pânico, fobias, timidez, agressividade e outros transtornos ansiosos.
Milhões de jovens estão se drogando. Não compreendem que as drogas podem
queimar etapas da vida, levá-los a envelhecer rapidamente na emoção. Os prazeres
momentâneos das drogas destroem a galinha dos ovos de ouro da emoção. Conheci
e tratei de inúmeros jovens usuários de drogas, mas não encontrei ninguém feliz.
E o estresse? Não apenas é comum detectarmos adultos estressados, mas também
jovens e crianças. Eles têm freqüentemente dor de cabeça, gastrite, dores
musculares, suor excessivo, fadiga constante de fundo emocional.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acesse meu site e tenha acesso a todos os áudios: www.ubiratangeo.com