4 de jun de 2008

Resenha do livro "A Galaxia da Internet" de Manuel Castells

O novo livro de Manuel Castells é uma revolução conceitual para a área de humanas. O autor consegue mergulhar nas transformações do mundo da internet, passando por todo um conjunto de re-organização das empresas que atuam na área, para explicar e exemplificar um volume significativo de transformações sociais contemporâneas. O autor disserta, livremente, sobre sociedade, empresas, redes e tecnologia de forma muito dinâmica e consegue apontar para um futuro muito complexo, promissor e conflitivo.

Deixando de lado todo o pesado aporte sociológico, largamente utilizando em
seus livros anteriores como “Sociedade em Rede”, o autor consegue criar uma visão dinâmica (com uma narrativa também dinâmica) sobre os impactos da sociedade digital no mundo e, de quebra, ainda reconhece a geografia como elemento central deste processo (fato que havia negligenciado nas suas obras anteriores). O autor, muito caracterizado por sua leitura repetitiva e exaustiva, muda completamente seu estilo de escrita se livrando significativamente de seus precursores acadêmicos (sociólogos que buscam sempre uma visão sistematizada da sociedade) o autor parte para a análise de uma sociedade em construção e completa transformação.

Daí o seu deslumbre com a geografia preconizada por Milton Santos. Apesar de negligenciar o nome do geógrafo o autor se utiliza largamente dos conceitos desenvolvidos por Milton Santos. O autor chega a dedicar um capítulo para falar, única e exclusivamente, da geografia. Ao lado de capítulos falando sobre Microsoft e Dell Computeres há um capítulo dedicado a geografia sob o título:
“A geografia da Internet: lugares em rede”.

Neste capítulo, logo de início, o sociólogo reconhece sua negligencia conceitual em relação a geografia afirmando: “A Era da Internet foi aclamada como o fim da geografia. De fato, a Internet tem uma geografia própria, uma geografia feita de redes e nós que processam fluxos de informação gerados e administrados a partir dos lugares” (Castells, 2005, p.170). Ora, nada mais do que Milton Santos já dizia em 1995

“O fato de que a rede é global e local, una e múltipla, estável e dinâmica, faz com que sua realidade, vista num movimento de conjunto, revele a superposição de vários sistemas lógicos. Esse movimento tanto inclui dnamicas próximas locais, quanto dinâmicas distantes, universais, movidas pelas grandes organizações. Ao mesmo tempo globais e locais, as redes também são unas e múltiplas” (Santos, 1995, p.221)


Livro A Galáxia da Internet: reflexões sobre internet, negócios e sociedade - Manuel Castells



resumo, resenha, trechos, palestra, áudio mp3, slides


Palestra Livro a Galáxia da Internet - Manuel Castells

Acesse todas as aulas no meu site

http://www.ubiratangeo.com/

2 comentários:

  1. O livro foi escrito em 2001 e você utiliza exemplos da web 2.0 que só surgiu após 2004. A intenção foi boa mas não reflete o propósito do autor. Me desculpe.

    ResponderExcluir
  2. Bom Dia Anônimo! É justa a sua pergunta! Justa e muito pertinente! Mas, você tem que considerar que as coisas acontecem (e continuam acontecendo) no mundo real muito antes de existirem como conceito no mundo acadêmico. O conceito de web 2.0 (que realmente foi cunhado em 2004), mas existia como prática na internet muito quase uma década antes disso. O primeiro livro que trata deste tema é o livro “A Comunidade Virtual” de Rheingold Howard de 1997.

    Neste livro Howard narra a efervescente vida “comunitária” que existia entre os usuários acadêmicos (ou não) da internet quando ela era só uma espécie de “e-mail” coletivo. É neste livro que realmente nasce a idéia de web 2.0 (ou redes sociais, ou mídias sociais etc). Manuel Castells tirou muita coisa deste livro. Aliás, muita gente tirou muita coisa deste livro. Dê uma lida neste livro que você vai ver que o conceito de Web 2.0 existe na prática muito antes de 2004 e o que Castells fala como novidade era algo muito corriqueiro e conhecido dentro das universidades americanas e principalmente no Vale do Silício.

    Agora é claro que Castells tem seu mérito! Ele trouxe tudo isso para o atrasado e lento muito das Ciências Sociais, geografia, pedagogia e outras matérias afins com uma clareza e uma simplicidade narrativa muito boa! O cara tem mérito! Gosto muito dos livros dele! A colocação é pertinente quando trabalho os temas que ele aborda no livro dele e não somente o livro dele isoladamente porque todos sabemos que os livros acadêmicos nada mais são que compêndios (quando não resumos) de outros livros que o autor leu e conseguiu sintetizar de maneira mais clara e objetiva o que ele acha realmente importante...rs

    Ok

    Podemos continuar o tópico!

    ResponderExcluir

Acesse meu site e tenha acesso a todos os áudios: www.ubiratangeo.com